Mais um pensamento para a tag “pensamentos que surgem”, espero que gostem 🙂

As vezes eu fico pensando…


Se tudo aquilo que a gente ve nos filmes bonitos vai acontecer com a gente um dia.

Se um dia, as incertezas que sombreiam nossas vidas vão desaparecer, vão fazer sombras em outros ares…

Se um dia vamos parar de nos desculpar por aquilo que não fizemos e tinhamos vontade de fazer, aquela palavra que deixamos de falar, aquele sorriso que prendemos ao máximo, e aquelas brigas que nem tentamos evitar.

As vezes me pergunto se vivemos por viver, ou se temos um motivo maior pra seguir em frente, e não me refiro a um motivo apenas nosso, um motivo egoísta, ou apenas um estilo de vida no qual queremos pertencer, me refiro a um alguém como motivo, um alguém que é a razão de todos os outros motivos, e ao mesmo tempo a incerteza deles.

Um alguém que faz o nosso coração bater mais acelerado, que nos faz gaguejar até mesmo nas frases mais faceis de serem ditas, um alguém que nos faz sorrir, por motivos bobos, ou até mesmo sem motivos, um alguém que nos faz querer seguir em frente, que nos faz querer ver adiante.

Me pergunto se existe um amor como o da Hayley e do Nathan (de One Thee Hill) que ultrapassa todas as barreiras, todos os problemas, e continua firme, forte e mais lindo do que nunca, ou um amor que nos faz suspirar mais alto, que nos faz sonhar acordado, nos faz querer sair correndo pra lugar nenhum, apenas seguindo a musica, que também não está tocando em lugar algum, apenas na nossa cabeça, no nosso coração.

Aquela musica que escutamos 4379347981423 vezes seguidas, que nos faz sonhar, que nos faz viver, que nos faz querer estar com aquele alguém, que nos faz querer ter um alguém, não um simples alguém, e sim AQUELE alguém.

Aquele que sempre vai fazer você sorrir, mesmo depois de uma longa briga, aquele que não vai dizer pra você não chorar, e sim vai dizer pra você desabafar o máximo que conseguir, aquele que vai compartilhar segredos com você, que vai fazer seu dia ficar mais alegre, ganhar uma tonalidade diferente, um ar diferente. Aquele que vai segurar sua mão e fazer você sentir que está tudo bem. Aquele que não faz um “eu te amo” parecer um “bom dia” ou uma palavra muito dificil de sibilar, é aquele que vai fazer o “eu te amo” realmente ter o significado certo, mesmo que não seja dito, pode ser sentido, pode ser transmitido, em um sorriso, um olhar, um abraço, um carinho. É aquela pessoa que vai dar o real sentido na sua vida, mesmo que pra isso ela vire sua vida de ponta-cabeça, e quando você menos reparar, está andando por trilhos, que não levam você à lugar algum, e ao mesmo tempo, te leva aos melhores lugares do mundo, te faz viajar e se perder em seus pensamentos, e você não se importa em não encontrar o lugar de volta “pra terra”, porque, seja onde estiver, se você estiver com AQUELE alguém, é onde você vai querer estar.

Me pergunto se essa pessoa existe, pra cada um de nós, se essa pessoa não está desperdiçando o tempo com um outro alguém, ou se ela não errou de caminho. Mas um dia, todos nós vamos descobrir, vamos encontrar.

Quem sabe um dia…

Espero que tenham gostado do texto!

🙂

bjsbjs!

Anúncios