Olá meus queridooos!

Queria ter postado algo no dia 1°

Mas, como eu tinha dito, estava em semana de prova (que acabou, amém lol)

E estava muuuito corrido postar aqui.

Então vou fazer um post beem legal pra vocês hoje!

Dica de livro que eu terminei de ler um pouco antes de começar minhas provas….


A menina que roubava livros


Sinopse:

Entre 1939 e 1943, Liesel Meminger encontrou a morte três vezes. E saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a própria, de tão impressionada, decidisse nos contar sua história, em ‘A menina que roubava livros’. Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, numa área pobre de Molching, cidade próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido de sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona-de-casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, ‘O manual do coveiro’. Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro dos vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes. E foram esses livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de roubá-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto da sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar. Há outros personagens fundamentais na história de Liesel, como Rudy Steiner, seu melhor amigo e o namorado que ela nunca teve, ou a mulher do prefeito, sua melhor amiga que ela demorou a perceber como tal.

O que eu achei do livro:

No ínicio fiquei meio perdida, com o jeito do Susak escrever, mas logo me encantei por Liesel e seus momentos, é uma história que prende a atenção do leitor, pelo menos a minha hehe, e a de algumas pessoas que leram e adoraram também. A história é relatata de forma beeem real e não tem como não se apaixonaar por alguns personagens! meu preferido foi o mz, judeu, e seu simples desejo e ver o sol, ver o céu, e as estrelas. Fiquei muito triste com o final, confesso, mas acho que não teria outro jeito mesmo de finalizar uma história como essa. Super indico! me apaixoneei pelo livro *-*

Espero que tenham gostado da dica de hoje!

prometo postar com maais frequência heeein!

😉

bjsbjs!

Anúncios